» Dinheiro » Leis e Normas » Contrato de compra e venda de veiculo: como fazer

Contrato de compra e venda de veiculo: como fazer

Galeria
Contrato de compra e venda de veiculo: como fazer

Comprar um carro é sempre uma grande realização e o contrato de compra e venda de veículo é muito importante para realizar esse sonho. Antes de começar uma negociação ou fechar a compra é preciso entender como esses contratos funcionam, pois você poderá redigir o seu próprio contrato ou mesmo saber com quais informações você terá de acordar para efetuar a venda ou a compra do carro em questão.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    É sempre importante conhecer quais são os compromissos legais que estão envolvidos na hora de fechar o negócio. Se o pagamento do carro for feito a vista, não é necessário fazer o contrato de compra e venda. Nesse caso, o contrato só é usado quando existe a necessidade de criar algumas clausulas sobre a garantia da durabilidade de algumas peças do carro pelo tempo que foi acordado entre as partes. O contrato deve ser levado ao cartório para reconhecer firma das assinaturas e em seguida dar entrada na documentação no Detran para fazer a transferência de dono do veículo. Depois de assinar, pagar e dar entrada na transferência você não precisa negociar mais nada com o antigo dono do carro.

  2. 2

    Se o carro é financiado por um banco, você deve fazer um contrato constando as informações do vendedor, do comprador e do financiamento. Nesse caso o carro fica no nome do banco até você terminar de pagar e só depois é feita a transferência para o nome do comprador. É preciso tomar cuidado na compra feita dessa forma, pois o banco não reconhece esse contrato legalmente. O ideal é transferir o financiamento do carro para o nome do novo dono.

  3. 3

    O contrato de compra e venda de carro só é mesmo necessário quando a compra é feita de boca, ou seja, o comprador vai parcelar o valor do carro diretamente com o dono, sem envolver nenhum banco ou financeira no processo. É necessário colocar os dados do carro, do vendedor e do comprador, além de criar clausulas constando tudo que foi acordado entre as partes. Esse contrato deve ser levado para um cartório para o reconhecimento de firma da assinatura do vendedor, do comprador e das duas testemunhas.

  4. 4

    Antes de fechar o contrato é importante pesquisar se a documentação não está atrasada, se existem multas acumuladas e qual a procedência do veículo. Caso existam dívidas antigas, tudo passa a ser responsabilidade do novo dono, por isso é importante levantar todos os dados.


Comentários
blog comments powered by Disqus