» Dinheiro » Finanças Pessoais » Crédito online: como conseguir

Crédito online: como conseguir

Galeria
Crédito online: como conseguir

Símbolo máximo da globalização, a tecnologia é responsável por inúmeras possibilidades e opções para facilitar a nossa vida. Tanto é que, verdade seja dita, já é impossível imaginar nosso dia a dia sem as maravilhas tecnológicas, que garantem a rapidez exigida no mundo contemporâneo. Nesse cenário, o mercado de crédito não poderia ficar para traz: já é possível conseguir o empréstimo desejado sem sair de casa, tudo com a praticidade que a internet é capaz de nos oferecer.

Ainda considerado uma novidade no país, a concessão de crédito online foi originalmente destinada para clientes e correntistas fixos de instituições bancárias e financeiras. Sua possibilidade de contratação, portanto, era muito restrita e burocratizada, feita em um processo cheio de estágios e condições rígidas. A situação hoje, no entanto, é bem diferente: a prática já está à disposição de pessoas físicas, mesmo aquelas que não possuem contas nas agências.

Atualmente, existem diversas modalidades de crédito online. A mais comum, porém são os créditos pré-aprovados, com quantias e formas estipuladas para cada pessoa, de acordo com o perfil prévio do cliente. Os programas, aliás, variam para cada operadora, com métodos especiais para atender diferentes grupos e necessidades.

Pensado para promover maior agilidade e atenção ao cliente, o serviço tem ganhado cada vez mais espaço, pois torna o processo muito mais rápido e dinâmico: não é necessário se deslocar até às casas de empréstimo. Tudo é feito através da rede mundial de computadores, sem complicações e sem sair de casa. Só é preciso cadastrar os dados pessoais, que orientam os valores pré-aprovados, e escolher os valores, formas e prazo de pagamento. Após a aprovação dos dados, o dinheiro já estará na mão.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Vale lembrar, contudo, que o empréstimo online é pessoal: as condições, assim, são escolhidas pelo próprio cliente - que é responsável pela adequação à sua realidade econômica. A determinação, por exemplo, dos valores para cada parcela e o tempo para saldar a dívida passam, dessa maneira, pela escolha individual do cliente, que precisa ficar atento à disponibilidade para quitação.

  2. 2

    Pesquise as melhores opções entre as instituições bancárias e financeiras à disposição. Cheque taxas e juros cobrados. Escolha o programa mais adequado à necessidade.

  3. 3

    Faça seu cadastro com os dados pessoais necessários ao pedido. Escolha os valores a serem contratados, além de definir formas e prazos de pagamento. Projete os pagamentos à sua realidade financeira, estipulando condições adequadas a sua renda. Aguarde a aprovação cadastral e retire o dinheiro diretamente na sua conta.

Dicas e AVISOS
  • A maior parte dos bancos e financeiras oferecem valores pré-estipulados, que, geralmente, não ultrapassam valores acima de R$15.000,00. Além disso, dispõem planos com prazo de pagamento entre 60 e 72 meses, variando de acordo com a demanda do cliente.
Comentários
blog comments powered by Disqus