» Hobby » Crochê barroco: saiba fazer

Crochê barroco: saiba fazer

Galeria
Crochê barroco: saiba fazer

O crochê é uma consagrada arte popular com já algumas centenas de anos de tradição passada de geração a geração e que atualmente têm sido muito valorizada na moda representada através das melhores grifes a desfilar nas passarelas mundiais, ajudando a realçar a beleza e enriquecer trajes do mais alto bom gosto. Isto ocorre também devido ao fato de o crochê ser muito versátil e apresentar uma grande quantidade de pontos e técnicas que podem ser utilizadas de inúmeras maneiras criativas na confecção tanto de vestimentas quanto de produtos de decoração. Uma destas belas técnicas é o crochê barroco.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • linha de crochê várias cores
  • agulha de crochê
  1. 1

    O crochê barroco, como já se espera pelo nome, é uma técnica de crochê rebuscada e requintada, utilizada para fazer peças bastante trabalhadas e cheias de cores e detalhes, ou apenas um único motivo (ou alguns poucos) a ser utilizado como um detalhe para valorizar uma peça feita de modo mais simples. É um pouco mais trabalhoso que o crochê comum, mas, de maneira geral, usa seus mesmos pontos e princípios e, portanto pode ser aprendido com maior dedicação.

  2. 2

    Aprenda a fazer uma bela flor, com fios grossos ou barbantes de muitas cores, para começar o aprendizado no crochê barroco e ver como não existem mistérios:
    Inicie com 6 correntes com fio na cor número 1, formando um anel
    Trabalhe 16 pontos altos pegando por dentro do anel, corte o fio e arremate.
    Com fio na cor número 2, amarre-o em qualquer ponto alto do miolo de pontos altos, faça 3 correntinhas para subir e trabalhe 6 pontos altos contando também as correntinhas.
    Em seguida, vire o trabalho no avesso, pule 1 ponto de base e faça um ponto baixo no próximo ponto alto.
    Faça então 3 correntinhas.
    Vire o trabalho para o lado direito.
    Trabalhe 6 pontos altos contando também com as 3 correntinhas sobre o ponto baixo feito.
    Vire a peça no avesso novamente, pule 1 ponto de base e faça 1 ponto baixo no próximo ponto alto.
    Faça novamente 3 correntinhas.
    Novamente faça 6 pontos altos em cima do ponto baixo feito.
    Repita este procedimento por oito vezes.

  3. 3

    Para finalizar esta parte do trabalho, pule 1 ponto de base e termine com um ponto baixíssimo junto ao mesmo ponto que deu início à primeira pétala.
    Corte a linha ou barbante e arremate.
    Com o fio de cor número 3, amarre em qualquer ponto alto daqueles que foram pulados.
    Faça 6 correntinhas e prenda com um ponto baixo no próximo ponto alto que esteja vago.
    Faça mais 3 correntinhas.
    Vire o trabalho para o lado direito e trabalhe 10 pontos altos dentro do anel.
    Vire a peça para o avesso e prenda com um ponto baixo junto ao mesmo ponto onde se apresenta 1 ponto baixo na cor número 2 (pétalas).
    Em seguida, faça 5 correntinhas, pule um ponto onde já se apresenta 1 ponto baixo e faça 1 ponto baixo no próximo ponto que está vago.
    Faça 3 correntes e proceda desta maneira por mais 8 vezes.
    Finalize esta parte do trabalho com ponto baixíssimo, corte o fio e arremate.
    Executar 8 alças de 6 correntinhas do lado avesso da flor com o mesmo fio de cor número 3. Trabalhar uma base quadrada com o fio em uma quarta cor.

Comentários
blog comments powered by Disqus