» Dinheiro » Negócios » Dividendos recebidos: o que é

Dividendos recebidos: o que é

Galeria
Dividendos recebidos: o que é

Dividendos nada mais são do que parte de distribuição do lucro obtido por uma empresa ao longo do ano que destinados aos acionistas. Por lei, essa divisão não deve ser inferior a 25% do lucro auferido de acordo com o fim do exercício. Para os acionistas que detêm ações preferenciais o porcentual é fixo e o pagamento realizado anteriormente ao dos acionistas que portam ações ordinárias. A porcentagem de 25% se aplica a quem já era acionista desde o exercício anterior. Quem se tornou acionista durante o ano vigente também recebe sua quota de participação, contudo, ela será proporcional à data de aquisição das ações.

Instruções
  1. 1

    A Bovespa é uma ótima fonte de informação em relação à situação das empresas, apresentando ranking que aponta quais delas tiveram ações desvalorizadas e valorizadas. Porém, para comprar e vender ações é obrigatório a intermediação de uma corretora de valores devidamente habilitada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). A lista de todas elas consta no próprio site da CVM e da Bovespa. Os valores de investimento mínimo variam conforme os critérios de cada corretora.

  2. 2

    Há diversas pesquisas que visam tentar descobrir se há algum elo sólido e confiável entre as oscilações de pagamentos de dividendos e projeções de lucro das empresas. Esses estudos tentam concluir se com as informações do ICD (Conteúdo Informacional de Dividendos) é possível fazer "previsões" sobre o futuro financeiro da organização. Os resultados demonstram que essa lógica só é válida para organizações com gestão diferenciada, nas quais os coeficientes se mostram significativos e ratificam a tese fundamentada no ICD.

  3. 3

    Ações que rendem bons dividendos costumam se valorizar em períodos de crise. Essas ações são provindas de empresas líderes no segmento no qual atuam e sofrem menos com relação às turbulências macroeconômicas, mantendo índices superiores aos números do índice referencial IBovespa.

  4. 4

    Existe uma polêmica sobre qual o balanço que deveria ser adotado quanto à distribuição de dividendos. O RTT (Regime Tributário de Transição), pretendendo aplacar os efeitos fiscais negativos oriundos da IFRS (International Financial Reporting Standings), determina que todo e qualquer lucro obtido através de variações de "valor justo" - quando é gerada uma receita a partir da diferença do valor destinado à aquisição de ativos - deve ser tributado apenas quando estes ativos forem realizados. Por isso, há quem defenda que a distribuição de dividendos fique vinculada ao lucro tributável, ao balanço fiscal. Entretanto, segundo especialistas jurídicos, o único respaldo legal existente define que a concessão de dividendos deve ser atrelada somente ao lucro não tributável.

Comentários
blog comments powered by Disqus