» Hobby » Cultura e Sociedade » Folclore da Região Norte: como é e quais são as lendas

Folclore da Região Norte: como é e quais são as lendas

Galeria
Folclore da Região Norte: como é e quais são as lendas

De todas as regiões brasileiras, a região norte é a que possui mais pluralidade cultural onde crenças, comidas, festas e muitas danças fazem a composição do povo dessa região e que contagia de forma surpreendente todo o povo brasileiro.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Composta pelos estados do Tocantins, Pará, Roraima, Amazonas, Acre, Amapá e Rondônia, a região norte é conhecida por ter sofrido influencia direta dos índios onde muitas lendas surgiram através de contos dos mesmos onde as principais são:
    O Boto-cor-de-rosa é uma lenda muito antiga criada na região do Amazonas que conta a história de um boto que sai do rio em noites festivas se transformando em um rapaz muito bonito trajado em roupas brancas e um chapéu onde ele esconde o nariz de boto. O Boto seduz as moças e leva para o fundo do rio deixando-as gravidas e voltando a se transformar em boto.

  2. 2

    Outra lenda bem conhecida a respeito de uma índia que se chamava Naiá e que tentava de todas as formas possíveis ser levada pela lua, porém não conseguia. Certo dia quando Naiá estava a beira de um lago em um momento de desespero para alcançar a lua, ela pulou na água e acabou se afogando. A lua vendo o seu sacrifício e ficando muito penalizada transformou Naiá em uma estrela das águas, dando o seu nome por Vitória-Régia, uma planta muito conhecida por todos. Existem muitas lendas que fazem referencia ao Folclore do nordeste como o Uirapuru e a lenda da Iara.

  3. 3

    Outro aspecto bem interessante sobre a cultura e folclore da região Norte é a expressão através de danças e festividades como a mais famosa festa brasileira conhecida por Boi-Bumbá onde a tão famosa festa de Parintins marca presença e atrai inúmeros visitantes. O Pai Chico, o vaqueiro, índios, caboclos, mãe Catarina, Amo e cazumbá são os personagens principais dessa festividade.
    Outra festividade bem típica da região norte é o Carimbó que mesmo sendo de origem indígena sofreu influencias dos negros e o seu nome tem origem em um dos instrumentos que é o essencial para a realização dessa dança. O Carimbó teve sua origem na ilha de Marajós em Belém e o seu ritmo influenciaram vários tipos de outras danças como a lambada e o zouk.

  4. 4

    A marujada é uma festa tão típica da região norte quanto as outras onde as mulheres são responsáveis pela organização e a realização da mesma e os homem só possuem o papel de músicos e acompanhantes nas danças.
    A cozinha da região norte sofreu totalmente a influencia dos índios onde se baseia em peixes, mandioca e carne de sol. O tacacá que é uma espécie de sopa quente ainda é tomado diretamente na cuia como uma influencia da cultura indígena. O artesanato se destaca pela cerâmica, máscaras, cestaria e arte em redes.

Comentários
blog comments powered by Disqus