» Dinheiro » Negócios » Franquias de roupas: como funcionam

Franquias de roupas: como funcionam

Galeria
Franquias de roupas: como funcionam

Ser o seu próprio chefe é o desejo de muita gente, para realizar este objetivo uma das alternativas é abrir um empreendimento, porém para fazer isso é necessário estudar o mercado econômico e um planejamento para que a empresa possa se desenvolver corretamente.

Quem tem habilidade com comércio e vendas pode optar por abrir uma loja, para entrar neste setor com mais segurança a pessoa pode recorrer às franquias, que nada mais são do que estabelecimentos que se credenciam para vender um produto que já é conhecido. A área de vestimentas é uma das melhores para se fazer investimentos. Confira abaixo como funcionam as franquias de roupas.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Para abrir uma franquia de roupas em primeiro lugar o empreendedor deve fazer contato com a empresa a qual deseja vender os produtos e verificar quais são as condições que a empresa impõe aos seus revendedores. Neste processo o cidadão deve pesquisar qual é a instituição que mais atende às suas condições financeiras do momento.

  2. 2

    Para ter direito à marca fornecida pelo franqueador é necessário assinar um contrato, onde estão especificados todos os valores e taxas que o empreendedor terá que pagar para a empresa fornecedora. Para que o documento seja assinado a marca exige que a pessoa tenha o acompanhamento de um advogado para que os procedimento que envolvem o negócio fiquem bem claros.

  3. 3

    Normalmente a instituição pede uma um valor específico para que a franquia concedida comece a funcionar. O preço a ser pago é bastante relativo, depende da marca que será comercializado. Em alguns casos o valor total a ser pago chega a 50 mil reais, com a entrada de 15 mil e o restante deve ser pago conforme o lucro que o empreendedor tiver nos primeiro meses de franquia aberta.

  4. 4

    Após o pagamento da liberação da venda do produto, a pessoa terá que continuar pagando mensalmente as taxas que correspondem ao uso da marca, este valor também pode variar bastante. Algumas empresas cobram em torno de 15% do lucro, outras podem pedir algo inferior ou superior a esta taxa, tudo depende da valorização da marca no mercado econômico.

  5. 5

    Além das questões financeiras o empreendedor terá que seguir a risca todos os procedimentos impostos pela empresa franqueadora. Todos os produtos têm que ser vendidos somente pelos preços permitidos.

    Com relação às promoções de peças de roupas elas só são realizadas em rede, ou seja, é a instituição que define quando todas as franquias deverão oferecer roupas por preços menores.

Dicas e AVISOS
  • Os valores das taxas podem variar conforme a marca.
  • É preciso ter autorização do Centro Comercial da região para abrir uma franquia.
Comentários
blog comments powered by Disqus