» Saúde » Beleza e Cuidados Pessoais » Lipoescultura : entenda melhor

Lipoescultura : entenda melhor

Galeria
Lipoescultura : entenda melhor

O número de cirurgias plásticas realizadas no país vem crescendo a cada ano e seguindo uma tendêncial mundial largamente difundida pelas celebridades de Hollywood. Os Estados Unidos são o país que realiza o maior número de procedimentos cirúrgicos por ano, seguido do Brasil ocupando a 2ª posição no ranking. Apesar de os médicos aconselharem o uso de cirurgia plástica com cautela, apenas para casos onde as dietas e exercícios físicos já não conseguem mais atingir resultados, no Brasil são realizados cerca de 90.000 procedimentos de lipoaspiração a cada ano. Uma cirurgia que vem ganhando adeptos rapidamente é a lipoescultura, uma versão da lipo convencional onde o paciente tem a possibilidade de lipoaspirar uma área e injetar a gordura retirada em outra área, remodelando totalmente os contornos corporais. Geralmente a gordura retirada é injetada no bumbum. Mas como funciona o procedimento?

Instruções
  1. 1

    O tempo de duração da cirurgia dependerá da quantidade de gordura a ser lipoaspirada e reinjetada no paciente. Geralmente são necessárias de 2 a 4 horas para a finalização do procedimento. A anestesia a ser utilizada também ficará a critério do profissional em razão do tempo de operação e área a ser operada, pondendo ser anestesia geral ou peridural.

  2. 2

    O procedimento inicial é uma lipoaspiração de gordura, geralmente de áreas como barriga, flancos e interior das coxas. A gordura retirada será lavada com soro e tratada antes de ser reinjetada em outra área, geralmente o bumbum. O organismo absorve cerca de 30% do total injetado, então é necessário que este número seja levado em consideração para não comprometer o resultado final. Os contornos corporais tomam sua forma definitiva dentro de 6 meses, quando já ocorreu essa absorção natural e o corpo também já se recuperou totalmente do procedimento. Não há risco de rejeição já que a gordura é do próprio paciente.

  3. 3

    Além do corpo este procedimento também pode ser utilizado para remodelar os sulcos da face, porém no Brasil é uma técnica pouco conhecida. O pós operatório é um pouco dolorido, devendo o paciente utilizar a cinta indicada pelo médico para não comprometer os resultados, além de ajudar o corpo a desinchar e se livrar dos hematomas causados pela lipoaspiração. O uso de analgésicos é permitido pelos médicos para aliviar as dores.

Dicas e AVISOS
  • Desconfie de profissionais que cobram a metade do preço para realizar o procedimento. O barato pode custar a vida em caso de cirurgia plástica.
  • Procure um bom cirurgião certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Todo procedimento cirúrgico por mais simples que seja apresenta riscos. Não se submeta à cirurgia em clínicas sem estrutura hospitalar. Em caso de complicações quanto mais rápido o atendimento melhor
Comentários
blog comments powered by Disqus