» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Lote imposto de renda

Lote imposto de renda

Galeria
Lote imposto de renda

Anualmente, milhares de brasileiros devem prestar contas ao Leão. O imposto de renda é pago pelo cidadão que teve renda superior a R$ 23.499,15 no ano anterior a declaração. Após a declaração realizada, muitos deles já esperam pela restituição do imposto. É direito do cidadão a restituição. Um valor que é ressarcido ao contribuinte quando ocorrem despesas dedutíveis que não foram contabilizadas ao longo do período de tributação. Dessa forma, o contribuinte terá parte do que pagou, de volta.
Porém só é ressarcido, quando há comprovação de que o imposto retido na fonte ou valor pago durante o período tributado foi acima do que deveria ser pago. Saiba mais informações sobre a restituição e como obter a ressarcimento.


Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Geralmente tem direito a restituição, contribuintes que recebem os rendimentos descontados em parcelas do Imposto mensalmente, que fazem uso do carnê-leão ou que recebem algum tipo de renda do exterior ou de pessoa física. A restituição do imposto de renda ocorre em lotes, ou seja, em montantes dados em datas específicas. São disponibilizados 7 lotes, um por mês.
    O primeiro ocorre no dia 15 de Junho e o último no dia 15 de Dezembro. São priorizados os contribuintes que tem mais e 60 anos de idade e aqueles que fizeram a declaração com maior antecedência. Aqueles que deixaram para última hora e entregaram a declaração depois do prazo receberam a restituição somente nos últimos lotes.

  2. 2

    É válido ressaltar que a omissão de determinadas informações financeiras, informações conflitantes em relação as informações enviadas pelas instituições financeiras ou erro no preenchimento do formulário podem fazer o contribuinte cair na malha fina. Ela é como uma peneira, que verifica os processos que estão com pendências, que impedem a restituição e a liberação do lote do imposto de renda. No site da Receita Federal é possível verificar quais são essas pendências e como solucioná-las. Mesmo nas situações de malha fina, o contribuinte poderá receber a restituição, caso for constatado que ele se adéqua as condições. Porém ela irá demorar um pouco mais que o processo normal. Esse tipo de restituição também ocorre em lotes, só demora mais que os casos em que não há malha fina.

  3. 3

    Para os contribuintes que tem direito a restituição. É necessário que eles informem corretamente os dados bancários. O número da conta bem como o favorecido deve estar presentes na declaração. Caso esses dados estiverem incorretos, como erro na indicação do banco, conta bancária no nome de outra pessoa, que não foi descrita na declaração ou qualquer dado diferente, pode não ocorrer o depósito.

Comentários
blog comments powered by Disqus