» Moda » Moda feminina atacado: confira dicas

Moda feminina atacado: confira dicas

Galeria
Moda feminina atacado: confira dicas

As mulheres continuam sendo as principais consumidoras do mercado de moda. Apesar de nas últimas décadas o público masculino ter dado um salto significativo na questão do consumo de roupas e acessórios, as mulheres continuam representando a maior fatia do bolo dos compradores de artigos relacionados a vestuário e moda em geral. Em função disso, não é de se estranhar que o mercado dê atenção mais que especial a elas. O setor têxtil está sempre apostando em novas tendências, tecidos, matérias-primas e modelagens para agradar esse público tão exigente. As principais lojas e grifes do país investem pesado para atender as necessidades delas, oferecendo sempre produtos de primeira linha.

Além do consumo tradicional direto no ponto de venda, conhecido como varejo, o setor tem experimentado forte crescimento no atacado. O atacado é uma forma de comercialização de produtos muito utilizada por revendedores. Ele compreende as vendas em grande quantidade de um mesmo produto para um mesmo comprador ou grupo de compradores. Muitas lojas multimarcas vão até os pontos de atacado para suprirem seu estoque de peças. Como o valor das peças no atacado sai mais barato, muitas mulheres têm investido nesse modelo de compra para renovar seus guarda-roupas e adquirirem um número maior de itens de vestuário e acessórios por um preço mais reduzido. No entanto, é preciso ter atenção na hora de comprar produtos em massa. Confira neste artigo algumas dicas interessantes para otimizar as compras no atacado de moda feminina.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Faça uma pesquisa de fornecedores. Seja para o consumo próprio, seja para revenda no varejo, é importante estar cercado de diversas informações sobre onde encontrar o produto desejado para compra no atacado pelo menor preço. Pergunte a um conhecido que tenha experiência no ramo ou faça uma busca minuciosa na internet.

  2. 2

    Fique atento às feiras de negócios. Elas são eventos importantes em que diversos fabricantes colocam seus produtos em exposição a um menor custo. Através dessas ocasiões você poderá estreitar o relacionamento com fornecedores em potencial.

  3. 3

    Na hora de escolher o fornecedor leve em consideração itens como: preço, localização, custo com transporte, condições de venda, política de troca e devolução e principalmente qualidade.

  4. 4

    Se a compra for exclusivamente para revenda em um negócio próprio, convém realizar em um primeiro momento a compra em menor quantidade possível. Assim, você poderá testar o custo x benefício da transação com o respectivo fornecedor.

  5. 5

    Além dos fornecedores indiretos, você pode comprar alguns produtos de moda direto com o fabricante. Para isso a quantidade de itens a serem adquiridos precisa ser considerável.

Comentários
blog comments powered by Disqus