» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Nó cego: como desfazer

Nó cego: como desfazer

Galeria
Nó cego: como desfazer

Um nó é um esquema feito por duas extremidades de uma mesma corda ou de cordas diferentes, podendo ser usado em cadarços, fios e estruturas semelhantes.

Existe uma infinidade de tipos de nós diferentes, sendo que entre eles está o nó cego, o qual ficou famoso pelo mito de que uma vez dado não pode ser desfeito.

Conhecido por este nome porque ele é imprevisível, podendo ser fortíssimo em algumas horas ou fraco em outras, ou ainda, podendo ser muito complicado de ser desfeito, ele não funciona como os outros, dessa forma, contando com sua natureza imprevisível e sua complexidade de ser desfeito, tornou-se desusado na prática.

O nó cego é composto apenas de dois nós simples, primeiro a pessoa faz um nó comum, seguido de um segundo nó simples por cima do primeiro, desta forma, essa pessoa acaba criando o famoso nó cego.

A crença popular atribuiu ao nó cego uma fama que não é verdadeira, pois ele pode ser desfeito, basta que se tenha bastante paciência e capacidade de observação. Algumas dicas podem ser úteis para desatá-lo.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    É muito comum que um nó cego esteja em um emaranhado, isto é, em um conjunto de diversos nós. No entanto, para lidar com ele é preciso que primeiramente consiga-se separar o nó cego dos demais, pois este vai exigir da pessoa um tratamento diferenciado.

  2. 2

    Muitas vezes um nó pode estar apresentando dificuldade na hora de ser desfeito, mas isso não quer dizer necessariamente que se trata de um nó cego, primeiro deve haver uma observação atenta. Um nó cego é composto de um nó simples por cima do outro, se for diferente disso não se trata do caso em questão.

  3. 3

    A forma mais fácil de desfazer um nó desses é fazer exatamente o inverso do que foi feito antes, para isso a pessoa deve achar a extremidade que foi utilizada como ponta, ou seja, a que passou por dentro das outras para fazer o nó.

  4. 4

    Quando a pessoa encontrar a ponta vai precisar passa-la de volta pelo lugar em que passou inicialmente, no momento em que estava sendo elaborado, assim o segundo nó simples vai ser desfeito e já não se tratará mais de um nó cego, pois um dos nós já fora desmontado.

  5. 5

    Agora sobra apenas um nó simples, este pode ser desfeito comumente, pois não há mais um nó cego.
    Dicas úteis: Quando a corda for muito grossa ou muito fina o serviço será mais difícil, por isso, separe maior tempo

Comentários
blog comments powered by Disqus