» Dinheiro » Os Erros Mais Comuns dos Empreendedores

Os Erros Mais Comuns dos Empreendedores

Galeria
erro

Abrir o próprio negócio é um grande passo para realização não só profissional, mas também pessoal. Porém, como muito já se sabe, administrar o próprio negócio pode ser um tanto difícil, principalmente no começo, quando ainda não se tem muita experiência e se é uma empresa nova no mercado.

Confira aqui quais são os erros mais comuns entre os empreendedores e fuja desses erros!

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Começar o negócio sem ter um plano de negócio para fazer tudo funcionar direitinho ou ainda ter um plano de negócio complexo demais, difícil de seguir ou que não obedeça a realidade. Lembre-se que para o negócio dar certo é preciso ter todo um planejamento e muita organização e tudo na maior praticidade possível para que seja fácil de entender e de pôr em prática.

    Idealizar o negócio e não dividir a idéia com ninguém por medo ou vergonha. A última coisa que você deve ter é vergonha quando começa a pensar em abrir o próprio negocio. Já o medo não deve lhe impedir de nada. Com isso, você perde até mesmo a oportunidade de receber apoio e valiosas dicas para o seu negócio.

  2. 2

    Não conhecer bem o mercado onde irá atuar. Isso pode lhe trazer sérios problemas para o negócio, é preciso conhecer muito bem a área onde se irá investir e atuar. Se for possível faça cursos e pesquisas relacionadas a essa área. Quanto mais conhecimento, melhor para o seu negócio.

    Entrar em um mercado pela expectativa de ganhar dinheiro e não por realmente gostar. Da mesma forma que é errado entrar num mercado sem conhecê-lo, escolhê-lo apenas visando os lucros também é um erro, já que os lucros vêm apenas depois de muito esforço. Se nesse caminho até os lucros o empreendedor não tiver nenhum prazer com o seu negócio, é bem provável que haja uma frustração que possa levar a desistência do negócio.

  3. 3

    Misturar as finanças da empresa com as finanças pessoais. Lembre-se sempre de que, assim como você não deve misturar a vida pessoal com a vida profissional, essa regra também se aplica as finanças. Não tire do caixa da empresa para gastar com coisas pessoais supérfluas antes de separar o lucro do capital de giro em um devido período.

    Fazer sociedade com alguém levando em consideração a amizade e não a competência da outra pessoa. Lembre-se que o que é do âmbito pessoal e do âmbito profissional não devem se misturar.

    Contratar parentes por afinidade e não por competência também se define como um erro que pode ser evitado apenas não misturando a vida particular com os negócios.

Comentários
blog comments powered by Disqus