» Dinheiro » Finanças Pessoais » Planejamento financeiro pessoal

Planejamento financeiro pessoal

Galeria
Planejamento financeiro pessoal

O planejamento financeiro pessoal consiste na organização das finanças individuais e/ou domésticas de modo a que sejam salvaguardadas três condições fundamentais: assegurar a satisfação das necessidade básicas e inerentes à manutenção da qualidade de vida de cada pessoa, possuir reservas para episódios imprevistos e, gradualmente, proceder à construção de um patrimônio que possa servir como fonte de renda na aposentadoria de modo a garantir a autonomia, conforto e tranqüilidade do indivíduo.

Conheça algumas dicas que a/o ajudarão a valorizar o seu dinheiro sem comprometer a sua qualidade de vida!

Instruções
  1. 1

    Faça uma lista de todas as suas despesas mensais: aluguel ou prestação bancária do seu imóvel, alimentação, contas fixas (água, luz, gás, condomínio, internet), roupa, idas ao cinema, jantares fora e outros gastos pessoais. Tenha em atenção os gastos "escondidos", como os pacotes de chiclets ou os cafés depois do almoço, que no fim do mês podem representar uma parcela significativa do seu orçamento.

  2. 2

    Seja adepto/a da eficiência energética em casa: duches rápidos e com a torneira fechada enquanto se ensaboa, troca do aparelho de ar-condicionado por climatizadores evaporativos e um isolamento térmico correto são dicas que podem valer poupanças na ordem de milhares de reais por ano na conta da eletricidade.

  3. 3

    Planeje a sua alimentação, fazendo um cardápio no início de cada semana. Esta tarefa facilita na hora de ir ao supermercado, uma vez que você terá uma lista com os produtos que realmente necessita e se manterá focada/o. Prefira alimentos da época (mais saudáveis e baratos) e procure feiras locais para encontrar ingredientes saudáveis que suprimam a escolha de produtos industrializados.

  4. 4

    No que respeita ao seu automóvel, aposte na impermeabilização da pintura (através do processo de cristalização, que previne o desbotamento da cor) e mantenha a calibragem no nível adequado ao seu veículo para prolongar o período de resistência do pneu e economizar combustível. Se puder, dispense o carro e aposte na utilização de transportes públicos nas suas deslocações diárias.

  5. 5

    Reveja a sua situação bancária, conversando com o seu gerente de conta e negociando soluções mais adequadas para o pagamento das taxas de utilização do seu cartão de crédito, financiamentos e/ou outras operações financeiras. Informe-se sobre as taxas de manutenção que paga sobre os serviços que utiliza e esteja atento aos movimentos na sua conta.

  6. 6

    Aproveite as promoções e descontos oferecidos em sites de compra coletiva, que podem oferecer valores simpáticos para a compra de experiências, produtos e serviços que fazem parte dos seus hábitos de consumo.

Comentários
blog comments powered by Disqus