» Família » Bem-Estar da Família » Refluxo em bebê: como cuidar

Refluxo em bebê: como cuidar

Galeria
Refluxo em bebê: como cuidar

O refluxo ácido infantil ocorre em mais da metade de todos os bebês. Apesar de o refluxo ácido não indicar que seu bebê não é saudável, pode ser problemático para ele, pois pode se recusar-se a comer devido a uma indisposição gástrica. Saiba como cuidar do refluxo em bebês.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    O tempo vai resolver normalmente os sintomas do seu bebê, mas outros tratamentos estão disponíveis até o refluxo ácido do bebê ficar totalmente erradicado.

    Significado

    O objetivo do esfíncter esofágico é evitar que o ácido do estômago suba para a boca. No entanto, os bebês não possuem o esfíncter do esôfago totalmente formado e fortalecido. Como resultado, eles cospem o que pode ser apenas o leite ou leite e ácido. Quando o ácido do estômago está envolvido, o esôfago do seu bebê pode se tornar vermelho e dolorido. Embora essa condição muitas vezes desapareça ao mesmo tempo que o seu bebê cresce, ela pode desenvolver sintomas que indicam desconforto no mesmo período.

  2. 2

    Identificação

    Apesar de que cuspir seja uma ocorrência comum para seu bebê, também é um sintoma comum associado ao refluxo ácido infantil. Se ao cuspir isso, é acompanhado por sintomas como seu bebê arqueando as costas, tosse, chiado ou chorar com uma voz rouca, todos estes podem ser sinais de refluxo ácido da criança.

    Considerações

    Os bebês podem, ocasionalmente, ter refluxo ácido como resultado de alergia a alimentos, incluindo o leite com que você alimentá-lo. O leite de vaca e/ou proteína de soja, que é encontrado no leite artificial infantil podem resultar em refluxo ácido. Se você ainda está amamentando, os alimentos que você come, como a cafeína, tabaco, café ou outros estimulantes, podem causar refluxo ácido. Se seu bebê está exibindo sinais de refluxo, considere falar com o médico pediatra sobre a mudança de leite.

  3. 3

    Tipos

    Existem vários tipos de refluxo ácido e a principal diferença são os sintomas que o bebê experiencia. Refluxo gastroesofágico resulta do fluxo de ácido do estômago que volta. Este tipo de refluxo tem sintomas mencionados anteriormente. O refluxo gastroesofágico silencioso ocorre quando o refluxo sobe apenas parte do caminho. Este tipo pode não ter sintomas, mas os danos ao esôfago ainda podem ocorrer. Pode ser mais difícil de tratar, pois é difícil medir a eficácia de um tratamento. O refluxo laringofaríngeo ocorre quando os sucos gástricos do seu bebê se estendem por todo o caminho até a garganta e vias nasais. Esta é uma forma mais grave de refluxo gastroesofágico e pode resultar em tosse crônica e dor de garganta em seu bebê.

  4. 4

    Prevenção/solução

    O refluxo ácido infantil é muitas vezes tratado alterando a maneira de alimentar o seu bebê. Por exemplo, você pode escolher dar mamadas menores e várias vezes ao dia para reduzir o ácido produzido pelo estômago. Alimentar seu bebê enquanto sentada e mantendo-o sentado 15 a 30 minutos após uma mamada pode ajudar a reduzir sintomas de refluxo. Garantir que o bico de mamadeira não é muito grande e a alimentação não está saindo muito rápido também pode ajudar a reduzir o refluxo infantil. Se o refluxo do seu bebê parece tornar-se cada vez mais problemático, o seu médico pode prescrever medicamentos que podem ajudar a aliviar o problema.

Comentários
blog comments powered by Disqus