» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Repelente eletronico: confira dicas

Repelente eletronico: confira dicas

Galeria
Repelente eletronico: confira dicas

O repelente tem a função de afastar os insetos das pessoas, para que isso aconteça ele tem em sua composição substancias capazes de confundir os sentidos desses animais. Visando atender as pessoas que não gostam de usar repelente em creme, pois deixa a pele melada e oleosa, surgiu o repelente eletrônico. O repelente eletrônico é a opção ideal para colocar no quarto das crianças principalmente porque ele não prejudica a saúde como acontece com outros tipos de venenos para insetos.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    O repelente elétrico ou eletrônico é composto por uma caixinha de plástico, uma pastilha e uma resistência elétrica. Essa pastilha é a responsável por afastar os insetos, pois ela é feita de acetato e D-aletrina, produto químico usado para matar insetos.
    Quando a pessoa liga o aparelho na tomada, a resistência tende a esquentar e com isso a substancia da pastilha evapora e se propaga pelo ar. Os quimiorreceptores dos insetos são capazes de detectar a substancia irritante para o organismo e com isso eles de afastam do ambiente. Os insetos são muito mais sensíveis e frágeis que os outros animais, por isso pequenas quantidades de repelente por ser capaz de matar um inseto sem gerar danos para os animais e pessoas. O ponto negativo desse repelente é que de tempos em tempo se faz necessário trocar a pastilha, para saber o prazo de cada uma delas você deve estar atento as dicas de instrução na embalagem do produto. Esse aparelho você encontra nos mercados em diversas marcas e com variadas durabilidades, preste atenção nas instruções das embalagens.

  2. 2

    Para o quarto das crianças, existe um modelo que foi desenvolvido exatamente para não provocar nenhum tipo de alergia.
    Outra variação de repelente eletrônico é movida a bateria ou energia elétrica e pode ser colocado em qualquer lugar da casa. Esse modelo não precisa de pastilhas, pois ele emite ondas magnéticas que são capazes de confundir os sensores dos insetos. Esse modelo também promete afastar ratos, baratas, pernilongos e mosquitos.

  3. 3

    Antes de escolher o modelo de repelente eletrônico mais adequado para as suas necessidade, é importante pesquisar se ele é certificado pelo INMETRO. Um repelente mal configurado ou de má qualidade pode emitir mais ondas ou veneno que o necessário e assim acabar trazendo problemas de saúde para os moradores da casa e os animais.
    Esse produto não é indicado para quem tem arma ou algum outro problema de alergia, pois pode agravar ainda mais a doença.

Comentários
blog comments powered by Disqus