» Hobby » Carros » Retrovisor fotocrômico: como trocar

Retrovisor fotocrômico: como trocar

Galeria
Retrovisor fotocrômico: como trocar

Ao dirigir a noite as luzes dos faróis dos carros que estão atrás do seu veículo podem te atrapalhar ao entrarem em contato com os espelhos do retrovisor, principalmente no retrovisor interno.
Pensando em uma segurança maior para os motoristas, as empresas especializadas em acessórios automobilísticos desenvolveram um retrovisor com um espelho que escurecesse ao receber a luminosidade de um farol, como a lente “transitions” usada em alguns óculos, e este retrovisor é chamado de “fotocrômico”.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • Fita isolante
  • Luvas de proteção
  • Chave de fenda
  • Alicate
  • Chave Phillips
  1. 1

    Para trocar o retrovisor do seu carro por um retrovisor fotocrômico você irá precisar de chave de fenda, chave Phillips, alicate, fita isolante – porque este tipo de retrovisor é ligado ao sistema elétrico do veículo – e luvas de proteção.
    A retirada do retrovisor original do seu carro é um processo simples; basta você puxar o retrovisor pra cima, desta maneira você conseguirá soltá-lo completamente, sem precisar soltar nenhuma trava ou parafuso.
    O retrovisor fotocrômico possui um encaixe diferente do retrovisor original e para colocá-lo você precisará encaixar a parte superior dele no suporte e empurrá-lo para cima até que a fixação seja perfeita.

  2. 2

    Como já foi dito acima, o retrovisor fotocrômico é ligado ao sistema elétrico do veículo para que ele possa escurecer quando recebe a luz e você terá que conectar os fios do retrovisor aos fios da luz interna o veículo. Você terá acesso aos fios da luz soltando-a do teto – com a chave Phillips ou de fenda, isto dependerá da marca e modelo do veículo.
    O fio preto do retrovisor deve ser ligado ao fio preto da luz; em seguida, conecte o fio cinza do fotocrômico com o fio cinza do sistema elétrico. Já o fio marrom do retrovisor é responsável pelo aterramento da corrente elétrica e pode ser ligado a qualquer um dos fios que sobrou da luz.
    Faça a conexão dos fios desencapando a ponta deles com alicate e garantindo a união com a fita isolante. Preste muita atenção nesta ligação para que não ocorram curtos circuitos no sistema elétrico devido há uma má instalação do retrovisor fotocrômico.

  3. 3

    Você sabia que retrovisor fotocrômico era um acessório opcional em alguns modelos de veículos comercializados aqui no Brasil?
    O consumidor, assim como pode escolher entre o ar condicionado ou direção hidráulica hoje, também podia ter, antigamente, o retrovisor fotocrômico como um acessório complementar em algumas versões do Tempra (fabricado pela FIAT), Monza, Vectra e Omega (os três são da Chevrolet).

Comentários
blog comments powered by Disqus