» Família » Educação dos Filhos » Supletivo rápido: como fazer

Supletivo rápido: como fazer

Galeria
Supletivo rápido: como fazer

Há muitas pessoas que infelizmente não tiveram a oportunidade de concluir os seus estudos na infância ou adolescência e que devido a um mercado de trabalho muito concorrido, que exige cada vez mais preparo e estudo, não conseguem seu espaço no mercado de trabalho, ou pior, muitas das vezes não conseguem pegar um ônibus porque não conseguem ler o itinerário de um ônibus.

Mas a grande oportunidade está mais próximo do que se imagina, pois hoje em dia há diversos cursos supletivos, cujo objetivo é oferecer uma grade mínima de matérias para o aluno conseguir a conclusão do ensino fundamental ou médio em pouco espaço de tempo.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • RG, certidão de nascimento, declaração escolar
  1. 1

    No estado de São Paulo, o governo do Estado possui um programa denominado EJA (Educação de Jovens e adultos), cujo objetivo é levar o conhecimento para aquelas pessoas que não tiveram a oportunidade de terminar o ensino médio e fundamental por algum motivo. Para quem nunca estudou, o ensino fundamental pode durar até quatro anos, pois cada etapa, que dura um ano, é como se estudasse duas séries seguidas e no caso do ensino médio, o aluno pode concluir em até dois anos.A vantagem é que é gratuito, a grade curricular é semelhante a da escola comum e para facilitar ainda mais os estudos, há duas modalidades de ensino: presencial e semi-presencial. Para se inscrever em um curso da EJA, os procedimentos são os seguintes: Idade mínima para cursar o ensino fundamental: 16 anos; Idade mínima para cursar o ensino médio: 18 anos; Levar os seguintes documentos: RG, certidão de nascimento e declaração da última escola onde estudou.Para saber a escola mais próxima de sua residência que desenvolva este projeto basta acessar o site e clicar na região que reside.

  2. 2

    Mas há outra forma de concluir os estudos me uma maneira bem mais rápida, e melhor: gratuita. O INEP possui um outro projeto denominado Encceja, (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) para aquelas pessoas que não concluíram o ensino fundamental ou médio faltando apenas poucas etapas, como por exemplo ser aprovado em alguma matéria ou a conclusão do ensino fundamental ou médio.O Encceja consiste em uma avaliação que avalia os conhecimentos do aluno, e uma vez alcançando a média de cem pontos, de uma escala que vai da 60 a 180 pontos, o candidato pode prosseguir com os estudos a partir daquela etapa. Há a possibilidade de eliminar uma matéria por vez ou várias e a grade curricular é semelhante ao do ensino regular.Não há a necessidade de comprovar o nível de escolaridade, é necessário somente possuir a idade mínima de quinze anos para fazer a prova para o ensino fundamental ou 18 anos para fazer os exames para o ensino médio. Para facilitar a vida do estudante, o INEP possui em seu site material pedagógico de apoio aos alunos, além de sugestões para os alunos passarem nos testes. Para se inscrever nestas provas e saber de mais informações, acesse o site.

  3. 3

    Seja começando do zero ou concluindo etapas deixadas para trás, o importante é terminar os estudos para alcançar sonhos maiores, como um emprego melhor, uma faculdade ou curso técnico, passar naquele concurso público tão desejado, para que este sonho se torne real, somente através dos estudos e da persistência de cada um.

Dicas e AVISOS
  • Estude sempre
  • Este artigo é de interesse para pessoas que desejam fazer um supletivo
Comentários
blog comments powered by Disqus