» Família » Bem-Estar da Família » Tabelinha de menstruação: como fazer

Tabelinha de menstruação: como fazer

Galeria
Tabelinha de menstruação: como fazer

A tabela menstrual consiste em calcular os dias férteis do ciclo de ovulação feminino de acordo com os dias da menstruação.

Essa tabelinha leva o nome técnico de Método de Ogino-Knauss. E é uma das práticas de monitoramento de fertilidade mais antigas.

A fim de se pretender engravidar, esta tabela auxilia no sucesso de concepção, estando diretamente ligado ao ciclo de fertilidade. Mas não previne a gravidez, pois os dias não férteis podem ser imprecisos e flutuantes, devido às irregularidades dos períodos de menstruação da maioria das mulheres.

Tabelinha de menstruação para não engravidar é insuficiente. Recomenda-se fortemente o uso de anticoncepcional, para este caso.

Vale ressaltar, também, que o ciclo e os resultados variam de acordo com a idade da mulher. Para seguir a tabelinha, o mais recomendável é a consulta prévia a um ginecologista.


Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Marque o início da fase de menstruação ao longo de 12 ciclos. Do ciclo mais precoce, subtraia 19. Do maior ciclo em que a menstruação se manifestou, subtraia 11.

    Em um cenário em que temos os seguintes dias: janeiro 28, fevereiro 27, março 31, abril 31, maio 28, junho 30, julho 29, agosto 32, setembro 30, outubro 28, novembro 31 e dezembro 28, isolamos o ciclo menor (fevereiro, 27) e o ciclo maior (agosto, 32).

    Subtraia 19 de 27. Subtraia 11 de 32. Logo, 8 e 21 são os resultados.
    Entre os dias 8 e 21 encontra-se o período fértil.

  2. 2

    Outro método popular é este:
    Marque num calendário as datas do ciclo menstrual.
    Para mulheres com 30 dias, faça uma marcação correspondente a esses dias, partindo do 1 ao 30.
    Mulheres com quantidade de dias inferior a 30 seguem o padrão, marcando os dias do ciclo.
    Por exemplo, para um ciclo de 29 dias, marque do dia 1 ao dia 29. De 28, do 1 ao 28.

    Ciclo de menor período que 28 ou 27 dias são considerados irregulares. Em alguns casos, sendo preciso o acompanhamento de ginecologista, para regulação do período e cálculo mais preciso do período fértil.

  3. 3

    A marcação do dia 1 corresponde ao primeiro dia de menstruação, quando o fluxo se inicia. Em média, são 9 dias do pico de fertilização.

    Conte 9 dias após o dia em que foi marcado o início da menstruação e faça uma nova marca. Por exemplo, para uma mulher com manifestação da menstruação no dia 9, haverá um intervalo entre o dia 9 e o dia 18.

    A fertilização terá maior probabilidade de ocorrer nos dias restantes. Usando o exemplo acima, entre o dia 19 do mês atual e o dia 8 do mês seguinte.

Comentários
blog comments powered by Disqus