» Dinheiro » Finanças Pessoais » Tesouro Direto Itaú: como comprar os títulos

Tesouro Direto Itaú: como comprar os títulos

Galeria
Tesouro Direto Itaú: como comprar os títulos

Tesouro Direto é basicamente um sistema de negociação, onde você compra e vende títulos públicos. Títulos públicos são as contas a pagar que o governo tem, podendo ser federal, estadual ou municipal. Ou seja, quando você compra títulos públicos você faz um empréstimo ao governo em troca dos juros.

Em uma comparação de risco versus rentabilidade, esse investimento apresentava uma rentabilidade incrível com juros baixíssimos. As taxas de aplicação e custodia são baixas, e o rendimento é atrativo se comparado as outras aplicações de rendas fixas do mercado. Além disso você não precisa ter muito dinheiro para começar a investir, com 30,00 reais você já poderá aderir a uma aplicação no tesouro direto. E o melhor não precisa sair de casa para fazer as transações, pode se fazer tudo pela internet.

Dessa forma percebe-se que o tesouro direto é uma excelente forma para você começar a ser um investidor, onde você só tem a ganhar.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Procure seu banco ou seu gerente para fazer o cadastramento. Se for cliente de mais de um banco compare as taxas de administração cobradas por esse site.

  2. 2

    Leve todos os documentos solicitados pelo banco, dessa forma você estará habilitado a investir. Após fazer o cadastro no banco, entre no site e clique na opção “invista agora”.

  3. 3

    Preencha com seu CPF e senha que será enviada para o seu e-mail. Você vai entrar e escolher o tipo de modalidade que acha melhor para investir seu dinheiro. Para encontrar seu perfil e saber onde seu dinheiro trará mais rentabilidade será preciso saber como funciona as modalidades dos títulos públicos. Segue abaixo suas características:* As NTNB, que apresentam juros pré-fixados mais a taxa de inflação medida pelo IPCA, por exemplo, se você escolher uma taxa de juros de 6% ao ano, você ganhará 6% ao ano + IPCA. Se o IPCA for 4%, você terá uma rentabilidade de 10%. Essa é a possibilidade apresenta menores riscos para o seu investimento.* A LTN, que pagam juros pré-fixados, sem correção pela inflação. Existem boas possibilidades de ganhos, porem o risco de se perder é maior, se a inflação cair, o investidor ganha, se a inflação subir o investidor perde.* E a LFT que tem seus remuneração dos seus títulos associados a taxa da Selic. Se a taxa de juros subir o cliente pode sair no prejuízo, se a taxa diminuir o investidor pode ter bons ganhos.

Comentários
blog comments powered by Disqus