» Hobby » Artesanatos Trabalhos Manuais » Vestidos de noiva para gordas: Como confeccionar

Vestidos de noiva para gordas: Como confeccionar

Galeria
Vestidos de noiva para gordas: Como confeccionar

As mulheres gordinhas acabam tendo uma dificuldade maior em conseguir um bom vestido de casamento, que valorize o que é para ser valorizado e disfarce o que não está no lugar. Aprenda a desenvolver um modelo de vestido de noiva que irá fazê-la arrasar no seu grande dia, porque as gordinhas também podem ser lindas noivas.

Instruções
  1. 1

    O primeiro passo para confeccionar um bom vestido de noiva para uma noiva gorda é conhecer o corpo da noiva. Isso porque, assim como as magras, as gordas tem pontos positivos e negativos em seu corpo e cada corpo tem uma configuração diferente.
    Veja quais pontos a noiva gosta em seu corpo e quais pontos não gosta. A partir disso é possível desenvolver diferentes ideias de modelos de vestido de acordo com o gosto da noiva e com as suas características pessoais.
    Um ponto importante é tirar a medidas do corpo já com o uso da lingerie, principalmente se a lingerie a ser usada for uma de compressão, já que ela dá bastante diferença nas medidas.

  2. 2

    Valorizar o que deve ser valorizado passa por um equilíbrio entre ousadia e bom senso. Mesmo que a noiva possua belos seios um decote de um vestido de noiva não pode ser muito exagerado. Além disso o decote deve respeitar a configuração dos seios, valorizando o seu desenho.
    Um modelo que funciona para a maioria dos corpos cheinhos é um vestido de decote princesa com uma saia aberta em evasé partindo da parte de baixo da costela. Este modelo de vestido ajuda a modelar o corpo e consegue unir glamour com solução de problemas.
    Outra ideia importante é prezar pelo equilíbrio das formas. Caso a noiva seja muito maior na parte de cima do que em baixo procure desenvolver uma modelo de saia que equilibre isso, o contrário também é válido.

  3. 3

    Sustentação é a palavra chave. A escolha do tecido correto para o vestido é essencial, já que tecidos mais firmes ajudam a segurar tudo no lugar, enquanto tecidos mais fluídos dão mais movimento mas podem marcar muito o corpo. O forro do vestido deve ser feito em tecido firme para dar bastante sustentação.
    Uma outra ideia é utilizar um corset feito tradicionalmente de barbatanas, que modela o corpo, dá sustentação e postura e ajuda a dar uma valorizada geral no visual do vestido. Mesmo que a noiva não queira um corset aparente é possível utilizar uma estrutura de corset na feitura do vestido, ampliando a capacidade de sustentação.

Comentários
blog comments powered by Disqus